Viciado em Cinema e TV (A Sequela) por Nuno Cargaleiro

Março 15 2005

Os fãs da DC Comics poderão ficar satisfeitos com a adaptação cinematográfica da BD "Watchmen". Conta-se que a estreia seja em 2006.
Para quem não conhece o conceito desta BD, fica esta descrição, escrita por um leitor, retirada de um site brasileiro:
"O maior acontecimento da década de oitenta no mundo dos quadrinhos. Watchmen, foi publicada nos EUA pela primeira vez em 1986 e três anos depois no Brasil. A idéia de Watchmen é simples. Como seria o mundo se realmente existissem super-heróis? A partir desta interrogação, Alan e Dave construíram um universo alternativo cheio de detalhes interligados que contribuem para fazer desta maxi-série uma obra-prima, que ganhou vários prêmios, inclusive o Jack Kirby Award para melhor roteirista e melhor desenhista. Tudo começa com um vigilante mascarado, Justiceiro Encapuzado (Hooded Justice), que nos anos trinta resolve lidar com criminosos. Logo a idéia se espalha e novos combatentes surgem: Espectral (Silk Spectre), Coruja (Nite Owl), Capitão Metrópolis, Comediante, Silhouette, Dollar Bill, Mariposa (Mothman). Nenhum deles possui super poderes: para combater o crime utilizam força, agilidade e inteligência.
Todos são simples seres humanos com problemas de todos os tipos, das dúvidas existenciais à falta de dinheiro. O grupo de heróis organiza-se sob o nome de Minutemen (Homens-Minuto) e trabalha junto com as inevitáveis crises pelo meio. O Comediante tenta estuprar Espectral e é impedido por Justiceiro Encapuzado, que é acusado de ser um homossexual sadomasoquista. Silhouette é expulsa dos Minutemen após de revelar publicamente suas preferências lésbicas, tempos depois morre na miséria, assassinada por um vilão sem importância. Espectral abandona o grupo para se casar com seu agente comercial. Minutemen se desfaz às vésperas da década de 50. Na ausência dos velhos heróis, novas figuras mascaradas vão surgindo. Um novo Coruja, trazendo novos métodos ao velho combatente. Laurie, filha da Espectral original, assume o papel da mãe.
Rorschach, um psicotico mascarado, também entra na luta, usando métodos as vezes questionáveis. Ozymandias, rico e considerado o homem mais inteligente do planeta, alia o marketing e as relações públicas à figura do super-herói. Mas o destaque na nova geração é, Dr. Manhattan, o único a possui super poderes: Jon Osterman, PhD em física atômica, sofre um acidente e é desintegrado, três meses depois, seu corpo desaparecido começa a se recompor aos poucos até que reaparece de pele azulada e poderes incríveis, quase divinos. Batizado de Dr. Manhattan pelo governo americano, ele é capaz de estar em mais de um lugar ao mesmo tempo, viajar no tempo, controlar a matéria com o pensamento, e muitas outras habilidades.A existência deste novo grupo de super-heróis acaba por levar a história dos EUA por novos rumos. Os EUA vencem a guerra do Vietnam, graças a Dr. Manhattan. Woodward e Bernstein aparecem mortos antes de poderem denunciar o caso Watergate, o que permite a Richard Nixon continuar no poder e alterar a legislação para que pudesse se reeleger em 1976, 1980 e 1984. O assassinato dos jornalistas (e também o do ex-presidente Kennedy) é de autoria do Comediante, agente secreto do governo. Tudo isto é somente pano de fundo para a trama principal de Watchmen, cheia de detalhes, revisões históricas, flashbacks habilidosos, tramas paralelas, elementos recorrentes e simetrias narrativas. São quase quatrocentas páginas engenhosamente escritas e desenhadas, um universo coerente e verossímil que deixou a sua marca na história dos quadrinhos."
publicado por Nuno Cargaleiro às 13:17

Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
26

27


arquivos
pesquisar