Viciado em Cinema e TV (A Sequela) por Nuno Cargaleiro

Abril 28 2005




Sinopse: Um soldado da Marinha, Shane Wolf, membro da força de elite mais bem treinada e destemida do mundo, que pensava estar preparado para qualquer missão, independentemente do grau de perigo e dificuldade... até experimentar a mais arriscada de todas: "baby-sitting". [ www.7arte.net ]

Título Original: The Pacifier

Realizador: Adam Shankman

Vi este filme por uma única razão: na hora que cheguei às bilheteiras já não havia outros filmes para ver, pois já começado as outras sessões. Assim, entrei na sala já com o nariz torcido e com a satisfação de "lá vou eu escrever sobre outro filme mau"... Contudo, gostei do que vi, que não sendo das melhoras comédias que vi, é o "suficiente" para passar uma boa tarde em que não se tem nada para fazer.

O filme é divertido, e nota-se que é despretensioso. Tem os habituais clichés, é certo, desde as manias dos miúdos, até à constante propaganda pró-militar que por vezes não é nada subtil... Essa propraganda, se repararmos bem, é cada vez mais uma presença nos filmes americanos, situação que normalmente acontece no decorrer de conflitos armados que têm a presença dos EUA. Felizmente o filme não se suporta nisso, e conseguimos com alguma concentração esquecermo-nos desse pormenor.

Uma coisa divertida, pelo menos para mim, é ver que a Corky da série "Murphy Brown" teve filhos!... A sua personagem faz-nos lembrar a Corky, apesar de não ser idêntica. Este leve "acaso" aligeirou o filme, e criou-me alguma nostalgia, tenho que admitir.

O melhor do filme acontece em algumas cenas de humor físico (como por exemplo a luta que Diesel tem para a ama da casa não se ir embora, ao mesmo tempo que fala com mãe das crianças ao telefone, garantido-lhe estar tudo bem...), e nos cliché habituais, mas divertidos, da relação de Diesel com uma menina que tem uma adoração por ele... A cena em que ele de toalha vai ter à cozinha e vê-se diante de um grupo de escuteiras aos risinhos para ele chega a ser hilariante, porque nota-se o desespero de Diesel.

À parte disso, o filme não é nada de especial, e tem um argumento algo previsivel. Mesmo assim, leva uma nota honrosa. P.s.- não aconselhável a que goste de humor inteligente...

2,5 estrelas
publicado por Nuno Cargaleiro às 07:14

Abril 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12

17
20

26
27


arquivos
pesquisar