Viciado em Cinema e TV (A Sequela) por Nuno Cargaleiro

Junho 22 2007

 

 

 

Prince Charming: You! You can't lie! Where is Shrek?
Pinocchio: Well, uh, I don't know where he's not.
Prince Charming: You don't know where Shrek is?
Pinocchio: On the contrary,
Prince Charming: So you do know where he is!
Pinocchio: I'm possibly more or less not definitely rejecting the idea that I undeniably
Prince Charming: Stop it!
Pinocchio: Do or do not know where he shouldn't probably be. If that indeed wasn't where he isn't!

 

"Shrek, o Terceiro" é um dos poucos casos de sequelas que são lançadas pelas distribuidoras de cinema, em vez de entrarem directamente no circuito de dvd. Isso tem sido conseguido pela organização de um enredo que ganha sentido mais específico com o andar da idade do espectador, mas que pode agradar a todas as faixas etárias...

 

Nessa sequência, há qualquer coisa que se perde neste terceiro filme. Apesar de existir a referência à gravidez de Fiona, e à chegada iminente de um bebé, perde-se demasiado tempo com a busca e confronto de Artur, aquele que poderá ser rei, mas que afinal não tem tanta vontade para isso.

 

Por causa desta decisão, Fiona quase parece uma personagem secundária, que só voltou para poder marcar presença... Claro que existem referências constantes, na luta dela pela invasão do Príncipe Charmoso ao Reino de "Far Far Way". Porém, essas cenas acabam por priveligiar as suas companheiras de luta, donde se destacam a sua mãe na voz de "Julie Andrews" a trolitar canções do "Música no Coração" após ter partido paredes à cabeçada, A "irmã mais feia" que parece ter se "regenerado", e a Branca de Neve, que de entre o resto sobressai pela sua postura psicótica...

 

Este filme entretem, mas como em muitas séries de filmes, o terceiro acaba por fechar sempre um ciclo. Existe assim o risco de acontecer isso com "Shrek". Poderiam ter mantido as mesmas ideias, mas organizando-as de modo diferente não faria o enredo dispersar-se, para acelarar para o final, simplesmente porque um filme de animação não pode ser demasiado longo.

 

Um filme a ver, embora possivelmente o mais fraco dos três. Porém, um filme a ver, nem que seja pelas pequenas criaturas que aparecem no final, pelo fabuloso Banderas no Gato das Botas, e por pequenas preciosidades na adaptação das "princesas dos contos de fadas" para este filme.

 

Mas não deixa de ser um bom filme para famílias com crianças pequenas...

 

Suficiente

2 Estrelas

 

publicado por Nuno Cargaleiro às 13:43
Tags:

2 estrelas, Nuno? Mas onde é que tens os olhos? Este filme foi DE LONGE o melhor dos três, teve muitas mais piadas que os outros, teve mais personagens, está um espectáculo. Ninguém normal dá "Suficiente a um excelente filme destes!!
Ricardo a 29 de Junho de 2007 às 19:34

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13

21

26
28
30


arquivos
pesquisar
 
subscrever feeds